Agroalpha e Fundação Pró-Sementes reduzem valores dos royalties de sementes de aveias pretas licenciadas
24 de Março de 2018

Buscando aumentar a área de produção de sementes de cultivares de aveia preta licenciadas, a Agroalpha e a Fundação Pró-Sementes reduziram o valor dos royalties dos materiais Agro Planalto, Agro Coxilha, Agro Zebu, Agro Esteio e Agro Quaraí.

A taxa, que na safra 2017 ficou entre 4% e 6%, será de 3% sobre o valor comercializado na safra 2018, não variando de acordo com a quantidade comercializada. Para o diretor da Agroalpha, Rui Colvara Rosinha, a redução deve incentivar também o uso de sementes legais de cultivares melhoradas de aveia preta por parte dos agricultores.

A Fundação Pró-Sementes informa que também reduziu os valores da certificação de sementes dos mesmos materiais. Na safra 2018, o valor da área inscrita será de R$ 4,00 o hectare, e a tonelada certificada terá o custo de R$ 8,00, ou seja, redução de 50% em relação aos valores de 2017. Alexandre Levien, diretor técnico e administrativo da Pró-Sementes, acredita que a medida deve ajudar a evitar o rebaixamento de campos e lotes, contribuindo para o avanço da área inscrita com estas cultivares.


Fonte: Assessoria de Comunicação Agroalpha