Agroalpha ingressa na Comissão Brasileira de Pesquisa de Aveia
19 de Abril de 2017

A Comissão Brasileira de Pesquisa de Aveia (CBPA) congrega instituições de ensino, pesquisa e extensão, cooperativas, produtores de sementes, entidades governamentais, privadas e industriais voltadas para o desenvolvimento da cultura da aveia no Brasil. A primeira reunião da Comissão foi realizada em Florianópolis, em 1978. Desde então, a comunidade científica tem se reunido todos os anos para apresentação dos principais resultados obtidos com a pesquisa da aveia, bem como para planejar os trabalhos que formam a rede de experimentação da CBPA.

Fazem parte da Comissão:

  • Cooperativa Central Gaúcha LTDA (CCGL Tec)
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Trigo)
  • Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (EPAGRI)
  • Fundação ABC para Pesquisa e Divulgação Técnica Agropecuária
  • Fundação Agrária de Pesquisa Agropecuária (FAPA)
  • Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR)
  • Universidade de Passo Fundo (UPF) – Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária
  • Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC, Lages)
  • Universidade Federal de Pelotas (UFPel) – Faculdade de Agronomia “Eliseu Maciel”
  • Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) – Centro de Ciências Rurais
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) – Faculdade de Agronomia
  • Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (DEAg/UNIJUÍ)
  • Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR, Pato Branco)

Entre os objetivos da Reunião da CBPA estão a organização da pesquisa com aveia no Brasil; apresentar os principais resultados obtidos pela pesquisa de diferentes instituições; propiciar o encontro de pesquisadores para o planejamento das pesquisas em rede; avaliar resultados para definir quais linhagens podem ser promovidas a cultivares; quais materiais farão parte dos Ensaios Regionais e Brasileiros, entre outros.

No dia 21 de março, a Agroalpha passou a fazer parte da Comissão Brasileira de Pesquisa de Aveia (CBPA). O pedido de inscrição da empresa foi aprovado por unanimidade pelos membros da comissão, durante a XXXVII Reunião da Comissão Brasileira de Pesquisa de Aveia, que aconteceu em Passo Fundo (RS), na Universidade de Passo Fundo (UPF), entre os dias 21 e 23 de março. Com isso, a Agroalpha, empresa privada pioneira no melhoramento genético de aveia preta no Brasil, passará a ter seus novos materiais avaliados, também, em testes conduzidos pela comissão. Na ocasião, também foi aprovado o ingresso do SETREM (Sociedade Educacional Três de Maio) na CBPA.


Fonte: Assessoria de Comunicação Agroalpha